(11)9993-77681

Clique para ver o telefone

Av Macacauba, 285
Chácara Portal das Estâncias | Bragança Paulista/SP
Cep: 12914-710


ver mapa






My-gene-diet-Brasil



VOCÊ É UMA VÍTIMA DO 'GENE DA FOME'?

 

É por isso que muitas dietas falham e milhões de pessoas sempre estão famintas. Variações no gene FTO estão associadas a um aumento na fome, no desejo por alimentos altamente energéticos, o que torna a dieta especialmente difícil. Cerca de 16% de nós têm uma variação dupla neste gene, o que aumenta a chance de ter sobrepeso em 70%.

 

Nosso teste FTO analisa três possíveis variações nesse gene o que poderia explicar porque você sempre lutou contra seu peso. Se você tem variações em FTO recomendamos maneiras para você poder superar seus efeitos indesejados.

FTO não é o único gene a afetar o peso. No teste mais completo de My-gene-diet testamos onze variações em seis genes, incluindo FTO.

 

Baseados nos resultados recomendamos o melhor tipo de dieta e o exercício físico mais adequado para você. Além disso, fornecemos um plano de dieta de três dias para ajudar você começar e ter um emagrecimento saudável.

 

 Seus genes irão guiá-lo para a escolha de sua dieta mais adequada, o exercício mais efetivo e assim controlar o seu peso de maneira bem sucedida.

 

ANALISAMOS O SEU DNA EM ONZE VARIAÇÕES GÊNICAS QUE PODEM TER IMPACTO EM: 

• Fome

• Hábito alimentar

• Preferências alimentares

• Peso corporal

• Exercício

 

OS GENES ANALISADOS SÃO:

O gene FTO que codifica a proteína chamada “fat mass and obesity-related protein“. Variações nesse gene, que são bastante comuns, tipicamente fazem com que você coma mais devido a um aumento na fome seguido pelo ganho de peso inevitável.

Uma pesquisa recente mostrou que quando a variação dupla conhecida como GV3 está presente no gene FTO, os níveis de grelina "hormônio da fome" não diminuem tanto durante as refeições e sobem mais rapidamente após as refeições, o que explica o aumento do apetite. Estudos no cérebro de pessoas com esta variação dupla indicam que estes indivíduos são mais atraídos por alimentos com alto teor de gordura e alimentos doces, mesmo depois de uma refeição.

 

Variações analisadas: FTO rs1421085; FTO rs1121980; FTO rs9939609.

 

O gene ADRB2 que codifica a proteína “beta-2-adrenergic receptor protein”. Nestas ocorre a mobilização de gordura para a produção de energia. Analisamos por duas variações neste gene.

Variações analisadas: ADRB2 gln27glu; ADRB2 arg216gly

 

O gene APOA2 codifica a proteína ‘apolipoprotein A-11’ que está envolvida no transporte de gorduras e colesterol no sangue. A variação neste gene pode resultar em um aumento na fome, especialmente com uma ingestão elevada de gordura saturada. 

Variação analisada: APOA2 gln27glu

 

O gene NMB codifica uma a proteína ‘neuromedin B’ que está envolvida no controle da ingestão. Variações neste gene estão associadas tanto ao habito de comer demais quanto ao sobrepeso

 

O gene ACTN3 é expresso no músculo esquelético e codifica a proteína 'alpha-actinin-3 protein'. Variações nesse gene determinam se os músculos são mais adequados para a resistência ou para geração de energia ação rápida

Variação analisadas: ACTN3 rs77x

 

O gene MCR4 (também chamado de MC4R) codifica a proteína ‘melanocortin-4 receptor', que tem uma função importante no controle alimentar, afetando tanto apetite e saciedade. Uma variação deste gene corresponde a 6 - 8% dos casos de obesidade e está presente em cerca de 22% da população.

 

Variações analisadas: MCR4 rs17782313, MCR4 rs17700633 e MCR4 rs12970134. 


Entrar em contato



Fale Conosco









Compartilhar

91052

http://my-gene-diet-brasil.com.br/anuncios/gravaNota